quarta-feira, 8 de outubro de 2014

As Mamas da Rainha

            Existe no Pinhal do Rei um local conhecido por Mamas da Rainha. Caracterizado por duas grandes dunas de forma arredondada, este local situa-se nos talhões 140 e 156 no enfiamento do Aceiro I ou da Cova do Lobo, que se interrompe ao encontrar tão abruptas dunas, prosseguindo, mais à frente, após estas. Também a estrada florestal coincidente com este aceiro, que se inicia junto ao Aceiro Exterior no lugar da Cova do Lobo, ao chegar a estas dunas as contorna, deixando-as à esquerda, prosseguindo depois até ao lugar do Samouco.
            As Mamas da Rainha ficam mesmo ao lado de outra grande duna que, situada no talhão 139, é bastante mais conhecida, pois foi durante várias décadas do séc. XX um ponto de exploração de areia para construção civil e fabrico de vidro. Esta areia era conhecida como “areia do I”, por a sua extracção ser feita perto deste aceiro.
            Sobre a origem do nome deste local e destas duas dunas, juntas e arredondadas, diz a lenda, segundo José Martins Saraiva em “Lendas do Pinhal do Rei”, que, no tempo de D. Dinis, quando se fazia a plantação do Pinhal, os homens, perante a dificuldade em vencer a irregular superfície de tão abruptas dunas, foram da opinião que tais deveriam ser amaciadas mas, D. Dinis retorquiu: “- Não! Com esforço faremos o trabalho e, se bem olharem, essas dunas, assim juntas, têm a forma de umas mamas de mulher! Não deitaremos por terra tão doces formas da Natureza!”.
            Depois, com o passar do tempo, o povo, brincalhão, acabou por mudar a designação dada por El-Rei e passou a designar aquele lugar do Pinhal por Mamas da Rainha.


            Coordenadas Geográficas aproximadas:
            39° 48' 31" N
            08° 58' 21" W

As Mamas da Rainha

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...