Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

Acácio Amaral

Natural de Cinco Vilas, Figueira de Castelo Rodrigo, onde nasceu a 27 de Janeiro de 1916, Acácio Amaral formou-se em Engenharia Silvícola no Instituto Superior de Agronomia em 1939. Veio para a Marinha Grande em 1948, como adjunto da 3ª Circunscrição, sendo nomeado Chefe da Circunscrição Florestal da Marinha Grande em 1956, devido à ausência forçada (por doença) do seu antecessor. Foi vogal da IX Região Agrícola no Conselho Regional de Agricultura, por despacho de 23 de Outubro de 1958, e nesse ano integrou, como delegado, a Direcção Geral dos Serviços Florestais e Aquícolas na Comissão Nacional de Organização de Alimentação e Agricultura das Nações Unidas – FAO. Com uma visão pragmática sobre os problemas do Pinhal, Acácio Amaral introduziu novos sistemas administrativos, modificou técnicas de exploração, com vista a acabar com tudo o que era supérfluo para a economia da Mata. Como resultado destas medidas, o rendimento das Matas passou de 14 579 contos em 1970 para 61 590 contos em 1…

Mapa de 1940 do Pinhal do Rei

Este Mapa do Pinhal do Rei (Pinhal de Leiria) desenhado em 1940 por Luís Filipe dá-nos preciosas informações do que era naquele tempo o nosso Pinhal. Os limites do Pinhal e a configuração da sua fronteira estão aqui bem demarcados pelo aceiro exterior, bem como a divisão da sua área em 342 talhões, consequência da abertura de aceiros e arrifes, todos eles bem assinalados.
Ao nível de edifícios e outras construções, este mapa mostra-nos a localização das Tercenas, dos edifícios da 14.ª e 15.ª Administrações Florestais e da 3.ª Circunscrição Florestal, bem como a localização e identificação de todas as Casas de Guarda e Pontos de Vigia, e ainda os poços e as fontes, também, em grande parte, identificados. Mostra-nos também a rede de comunicação telefónica entre as Casas da Guarda e dos Postos de Vigia, as linhas de água, e ainda o traçado fixo do antigo caminho ferroviário do Comboio de Lata.
Dá-nos ainda a conhecer, localizando-as e identificando-as, as árvores notáveis existentes naquel…

O regresso do Comboio de Lata

“O regresso do Comboio de Lata”, como título desta mensagem, bem poderia na realidade estar relacionado com a recuperação do antigo Comboio de Lata e o seu regresso à circulação no Pinhal do Rei, transportando a população marinhense e turistas que nos visitassem, em direcção às nossas praias ou em passeios pelo Pinhal, dando a conhecer a grandiosidade e a beleza da nossa Mata. De regresso estaria este pequeno comboio histórico, a vapor, que tanto contribuiu para a desenvolvimento do Pinhal do Rei e que, quando deixou de ser necessário, se pôs de parte e se entregou o seu destino, às mãos do sucateiro. De regresso estariam também os passeios em dias festivos, como a Quinta-Feira de Ascensão ou o Primeiro de Maio, à semelhança de outros tempos em que o comboio era cedido à população para passeios na Mata ou idas à praia. Porém nada disto é real, pelo menos por cá… A maioria dos marinhenses desconhecem, em parte, o sucedido ao nosso comboio, a partir do momento em que ele desapareceu do noss…

Petróleo no Pinhal do Rei

Do subsolo do Pinhal do Rei, de enorme riqueza, foram em tempos retirados inúmeros produtos, chegando inclusivamente, em 1960, a ser prospectado petróleo, tendo-se feito perfurações e estudos no Pinhal, mais propriamente no talhão 258, próximo da ponte do Ribeiro de S. Pedro de Moel. Aparentemente sem grandes resultados, os furos foram fechados e protegidos por forte placa de cimento. Ainda hoje se pode visitar o local.


Placa de cimento no talhão 258 onde, em 1960, chegou a ser prospectado petróleo