sábado, 1 de dezembro de 2012

Casa de Guarda Nova da Louçã (vestígios)

            Uma vez que não conheço completamente o nosso Pinhal do Rei, e estando interessado em superar essa falha, tenho vindo a fazer alguns passeios, de vez em quando, precisamente no sentido de aumentar o meu conhecimento em relação à actualidade do Pinhal, vindo aqui, posteriormente, disso dar conhecimento.
            Se algumas vezes o faço revisitando locais onde já não ia há muito tempo, acontece-me por vezes deslocar-me a um local onde nunca tinha ido, do qual apenas ouvi falar ou tive conhecimento por antigos mapas do Pinhal, desconhecendo em concreto se vou ou não encontrar o que procuro e em que estado se encontra, caso ainda exista.
            Foi este o caso de uma visita ao Pinhal que, há alguns dias atrás, fiz em busca da antiga Casa de Guarda Nova da Louçã.
            Situada na parte norte do Pinhal do Rei, junto ao aceiro exterior, entre as Casas de Guarda da Água Formosa e Cabeça da Louçã (F), dela pouco ou nada haverá para dizer pois, agora que estive no local, posso dizer que já não existe.
            Chegado ao presumível local, deparei-me com alguns amontoados de entulho despejados junto do aceiro exterior e caminhos limítrofes, deduzindo imediatamente que a antiga casa de guarda já não existia mas, ficando, no entanto, sem saber o local exacto da sua existência.
            Sendo o aceiro exterior um caminho ainda com razoável trânsito acabei por perguntar a um transeunte que, com gentileza, me informou que a antiga casa de guarda tinha sido demolida após 1974, indicando-me de seguida o local exacto onde aquela se situava e onde ainda são visíveis os seus escombros, já cobertos por alguma vegetação e pinhal. Do outro lado do caminho, mesmo em frente ao local que me foi indicado, é ainda visível o poço e o tanque de lavar que pertenciam à antiga casa e, um pouco mais para oeste, existe ainda uma velha figueira que, apesar de tudo, ainda vai teimando em dar fruto.

Escombros da antiga Casa de Guarda Nova da Louçã

O poço e o tanque que pertenceram à antiga Casa de Guarda Nova da Louçã

Ali perto, a velha figueira ainda teima em dar fruto

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...