sexta-feira, 26 de outubro de 2012

À volta da Casa de Guarda do Rio Tinto

            Encontrando-se em estado de abandono, a Casa de Guarda do Rio Tinto foi, no entanto, emparedada, procurando-se, talvez, numa derradeira tentativa, preservá-la tanto quanto possível da destruição por vandalismo a que já estava a ser sujeita e, deste modo, evitar-se uma maior degradação e o consequente e rápido encaminhar até à completa ruína, como tem acontecido com a maior parte das Casas de Guarda do Pinhal do Rei.
            Em visita a esta Casa de Guarda pude observar e registar fotograficamente alguns dos vestígios (lixo) deixados à sua volta por ocupantes de outros tempos.
 
 

 






1 comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...